Rios e Água
GEOTA Apela à Proteção dos Rios e Gestão Eficiente da Água
Data
22
Março
2021
Autor
Autor:
GEOTA

No âmbito do Dia Mundial da Água, o GEOTA – Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente alerta para o facto de ser necessário repensar o modelo de gestão de água no país para garantir a integridade natural e ecológica dos rios e das espécies nativas.

Apenas 38% dos rios na União Europeia têm água de qualidade, e embora os ecossistemas de água doce se encontrem protegidos por legislação europeia e portuguesa, existe uma desresponsabilização do Governo português a este nível e ao incentivo da construção de novas barragens.

Segundo o relatório “Os Peixes Esquecidos do Mundo”, elaborado por 16 Organizações de Conservação Ambiental, cerca de 1/3 dos peixes de água doce estão sob ameaça de extinção e aponta como principais causas a construção de barreiras nos cursos de água, como é o caso das barragens, a poluição, que é muitas vezes potenciada pela acumulação de resíduos nesses obstáculos, e ainda a gestão comercial da água desajustada, para fins de irrigação.

Segundo Ricardo Próspero, coordenador técnico e científico do GEOTA: “Na Europa, a Diretiva-Quadro da Água visa proteger os habitats e ecossistemas de água doce, assegurando que sejam protegidos e restaurados. O facto de Portugal não assegurar o cumprimento destas medidas é um golpe terrível para os nossos rios e para toda a biodiversidade que deles depende, também devido a não existir um estatuto legal de preservação dos rios livres. Estudos apontam para a existência de mais de 8 000 barreiras identificadas de norte a sul do país, o que é algo extremamente preocupante, uma vez que potencia a deterioração da água e dos habitats ribeirinhos, interrompe o normal ciclo dos nutrientes e sedimentos e coloca em risco a continuidade de inúmeras espécies autóctones, algumas delas ameaçadas, tais como o mexilhão-de-rio, a lampreia, o salmão e a enguia”.

Embora os ecossistemas de água doce se encontrem protegidos por legislação europeia e portuguesa, assiste-se ainda a uma desresponsabilização do Governo português a este nível e ao incentivo da construção de novas barragens, tanto para produção de energia elétrica como de regadio, agravando ainda mais o problema.

Acreditamos que a melhor forma de contrariar este ciclo de deterioração da biodiversidade e da qualidade da água passa pelo reforço da legislação que ajude a preservar os rios, que são bens únicos e essenciais, tanto para as espécies ribeirinhas como para a vida e atividades humanas, e o investimento em eficiência energética em setores como a indústria e habitação, em fontes de energia alternativas e com menor impacto ambiental, tais como a energia solar, mas também com a aposta numa agricultura mais bem adaptada ao nosso clima, com a promoção de espécies e variedades autóctones que exijam menores consumos de água.

Neste sentido, o GEOTA submeteu recentemente uma Iniciativa Legislativa de Cidadãos, em processo de recolha de assinaturas, para que seja discutida em Assembleia da República um projeto de lei que proteja os rios em Portugal, criando reservas naturais de rios e troços de rios em áreas de proteção devidamente definidas, e que conta já com mais de 4 000 assinaturas.

Assinar esta proposta é uma forma de ajudar à criação de uma lei que proteja os rios, bem como os seus ecossistemas, habitats e biodiversidade.

Partilhe este artigo
FacebookTwitterLinkedInWhatsAppTelegramGoogle
Rios e Água
Evento
22
Março
2021
Evento
Autor:
GEOTA
Em Destaque
GEOTA - Reveja a 2ª Edição do European Rivers Summit 2021 – Lisboa e Online
Rios e Água
Rios e Água
Reveja a 2ª Edição do European Rivers Summit 2021 – Lisboa e Online
25 de Nov., 2021
Autor: GEOTA
Ver mais
GEOTA - WEBINAR Iniciativa Legislativa de Cidadãos como Instrumento da Democracia Direta
Rios e Água
WEBINAR Iniciativa Legislativa de Cidadãos como Instrumento da Democracia Direta
21 de Set., 2021
Autor: GEOTA
Ver mais
GEOTA - Inscrever Agora! Gala Prémio Guarda-Rios Boas e Más Práticas
Rios e Água
Inscrever Agora! Gala Prémio Guarda-Rios Boas e Más Práticas
8 de Set., 2021
Autor: GEOTA
Ver mais
SUBSCREVA A
NOSSA NEWSLETTER
Fique a par de
tudo sobre geota