void void
 Homepage
void
void
void
void
 

O GEOTA

Centro Ecológico Educativo do Paul Tornada

Comunicados

Grupos temáticos

Projectos

Associados

PROTOCOLOS

Histórico

Voluntariado
ipdj
   HomePage  Comunicados
Fechar Almaraz - Manif. Ibérica
void
Manifestação Ibérica
11 junho, Cáceres

data
: 19-05-2016

Manifestação Ibérica
11 junho, Cáceres
O GEOTA está a colaborar no grupo de organizações ibéricas que estão a exigir o encerramento da Central Nuclear de Almaraz.
Porquê fechar Almaraz?
  1. A Central, em funcionamento desde a década de 80, é a mais antiga do Estado Espanhol. Ultrapassa em mais de 5 anos o seu período de vida útil, representa um risco constante para o território português, por estar a menos de 100km da fronteira e à beira do Rio Tejo.
  2. Representa um risco enorme para o Rio Tejo, que hoje já é muito poluído, no qual é refrigerado o seu reator e onde são feitas descargas nucleares através do embalse de Arrocampo.
  3. Almaraz reprovou nos testes de resistência feitos pela Greenpeace, que indicou que esta: não tem válvulas de segurança e sistemas de ventilação filtrada para prevenir uma explosão de hidrogénio como a de Fukushima; não tem dispositivo eficaz para contenção da radioatividade em caso de acidente grave; não tem avaliação de riscos naturais; não está sequer prevista a implantação de um escape alternativo para calor.
  4. Tem registados 54 acidentes desde a sua inauguração, o seu desenho já sofreu 4000 modificações.
  5. A Central parou de emergência 32 vezes e 3 vezes para manutenção.
  6. Em Janeiro de 2016, cinco inspetores do Conselho de Segurança Nuclear espanhol afirmaram que as repetidas falhas no sistema de refrigeração colocam um sério risco de segurança. Depois do relato dos inspetores, já se registou em fevereiro nova avaria e um incêndio. As empresas acionistas (Endesa, Iberdrola e União Fenosa) não querem encerrar a Central porque o investimento inicial já está pago e hoje representa lucros no valor de 161 milhões de euros anuais.
  7. A energia produzida por Almaraz é irrelevante para o sistema energético espanhol atual e nulo para o português.
  8. Um acidente grave em Almaraz teria implicações profundas na vida e na saúde de gerações, com contaminação em larga escala, levando mesmo ao êxodo de povoações.
Por esses motivos, apelamos à participação na Manifestação Ibérica.
A Manifestação terá lugar em Cáceres, no dia 11 de Junho.
Será organizado transporte de Lisboa e outros pontos do país, para engrossar uma mobilização que se exige ampla e forte e que conte com o máximo de pessoas possível. Quanto mais gente se inscrever em cada região, mais provável será haver um autocarro que parta da mesma.
O evento envolve um programa durante toda a tarde de 11 de junho e culmina com a manifestação ao final da tarde desse dia.
O preço da viagem é: 5€ (Normal); 10€ (Apoio)
Para inscrições e informações sobre o evento consultar www.fecharalmaraz.org .
 
Sustenturis
UnderWater Watch
     
desenvolvido com
Senso Comum lda
O GEOTA é uma associação de defesa do ambiente, de âmbito nacional e sem fins lucrativos, em actividade desde 1981