void void
 Homepage
void
void
void
void
 

O GEOTA

Centro Ecológico Educativo do Paul Tornada

Comunicados

Grupos temáticos

Projectos

Associados

PROTOCOLOS

Histórico

Voluntariado
ipdj
   HomePage  Comunicados
Posição do GEOTA no Dia Mundial do Turismo
Quisemos marcar o Dia Mundial do Turismo, 27 de Setembro, que coincide este ano com o último dia de campanha eleitoral autárquica, para sensibilizar os futuros autarcas para o especial cuidado que deve ser tomado relativamente à qualidade e sustentabilidade dos destinos turísticos em Portugal.

data
: 27-09-2013

Posição do GEOTA no Dia Mundial do Turismo
O papel dos novos autarcas para a sustentabilidade do turismo
Lisboa, 25 de Setembro de 2013
Turismo e Sustentabilidade
Encontramo-nos em pleno período de campanha eleitoral para as Autarquias Locais.
Quisemos, por isso, marcar o Dia Mundial do Turismo, 27 de Setembro, que coincide este ano com o último dia de campanha eleitoral autárquica, para sensibilizar os futuros autarcas para o especial cuidado que deve ser tomado relativamente à qualidade e sustentabilidade dos destinos turísticos em Portugal.
É responsabilidade dos decisores e promotores garantirem a aplicação das melhores práticas de responsabilidade social e ambiental na gestão dos destinos turísticos. A proteção do ambiente não é uma decoração ou uma moda, mas sim um fator determinante na qualidade e singularidade da experiência turística.
O nosso território beneficia de vastas áreas suficientemente preservadas, de uma enorme Reserva Ecológica Nacional, um conjunto de áreas protegidas e sítios classificados que são garante e testemunho da geodiversidade e da biodiversidade das nossas paisagens. Beneficia ainda de um património cultural, material e imaterial, inscrito nas nossas paisagens urbanas e em todo o território, de grande valor diferenciador como recurso turístico.
São factores, que, longe de constituírem uma condicionante ou um obstáculo, devem ser considerados como o suporte e argumento principal da competitividade territorial e da qualidade dos destinos turísticos Consideramos que o território e a sua identidade já não são apenas o cenário que serve de suporte à atividade turística, mas sim uma parte essencial da mesma atividade.
A crise atual pode ter abrandado alguns investimentos mais megalómanos, principalmente do lado do imobiliário, mas ainda se configuram algumas intenções de investimento de caráter duvidoso.
Podemos destacar duas áreas específicas de preocupação: (i) o litoral Alentejano, uma das últimas áreas onde ainda é possível uma intervenção estratégica e integrada entre os agentes económicos, os promotores turísticos, as autarquias locais e as entidades representativas da sociedade civil, visando criar destinos turísticos sustentáveis e de excelência; e (ii) as áreas em risco de destruição pelas novas grandes barragens inúteis (casos do Baixo Sabor ou Foz Tua), onde os activos naturais e patrimoniais correm o risco de ser simplesmente obliterados, em detrimento do desenvolvimento local e do património nacional.
Ambiente e desenvolvimento turístico de qualidade são aliados naturais, desde que haja inteligência e esforço para encontrar soluções que satisfaçam as preocupações de todos os interessados.
Contactos – Helder Careto Tel 21 395 6120 (GEOTA)
 
Sustenturis
UnderWater Watch
     
desenvolvido com
Senso Comum lda
O GEOTA é uma associação de defesa do ambiente, de âmbito nacional e sem fins lucrativos, em actividade desde 1981