void void
 Homepage
void
void
void
void
 

O GEOTA

Centro Ecológico Educativo do Paul Tornada

Comunicados

Grupos temáticos

Projectos

Associados

PROTOCOLOS

Histórico

Voluntariado
ipdj
   HomePage  Comunicados
EIA LINHA FOZ TUA – ARMAMAR A 400KV
Consideramos que a importância da Linha Foz Tua - Armamar no sistema energético nacional é diminuta quando comparada com as externalidades negativas associadas à obra

data
: 01-02-2012

PARECER SOBRE O RESUMO NÃO TÉCNICO DO PROJECTO
LINHA FOZ TUA – ARMAMAR A 400KV


LISBOA, 31 DE JANEIRO DE 2012


Sumário


O projecto Linha Foz Tua-Armamar a 400 kV destina-se a transportar a energia eléctrica produzida no Aproveitamento Hidroeléctrico de Foz Tua até à subestação de Armamar. O proponente do projecto é a EDP – Gestão da Produção de Energia, SA.
O projecto contempla um traçado de aproximadamente 29 km. A linha proposta passa pelos concelhos de Alijó e Carrazeda de Ansiães, na margem direita do Rio Douro, e de São João da Pesqueira, Tabuaço e Armamar, na margem esquerda. Ao longo do corredor são ainda sobre passados os Rios Tua, Douro, Torto, Távora e Ribeira do Tedo, as estradas EN108, EN214, EN222, EN323, assim como as linhas ferroviárias do Tua e do Douro.
A obra acarretará vários impactes negativos muito significativos e irreversíveis, pondo em causa uma paisagem única, com valor internacionalmente reconhecido, o Alto Douro Vinhateiro. O valor económico da área de estudo é também afectado, tanto na sua vertente turística como na vertente produtiva, principalmente no caso da produção vitivinícola. Os impactes sobre a biodiversidade gerados por um elemento de fragmentação da paisagem e interrupção de importantes corredores ecológicos são também significativos.
A mitigação de impactes sobre a paisagem não será suficiente para prevenir, entre outras perdas, a desclassificação do Alto Douro Vinhateiro como Paisagem Cultural da Humanidade.
Consideramos que a importância da Linha Foz Tua - Armamar no sistema energético nacional é diminuta quando comparada com as externalidades negativas associadas à obra, nomeadamente a perda de valores do património cultural e natural de uma região única e insubstituível. Por conseguinte, somo frontalmente contra a concretização deste projecto, bem como do projecto associado da barragem de Foz Tua.

 
Sustenturis
UnderWater Watch
     
desenvolvido com
Senso Comum lda
O GEOTA é uma associação de defesa do ambiente, de âmbito nacional e sem fins lucrativos, em actividade desde 1981